Estamos todos sob o mesmo céu

Por Felicia Jennings-Winterle
Coluna Pelo Mundo

thumbnailPelo Mundo deste mês destaca os encantos da obra de Marcelo Madeira. Escritor, compositor e publicitário residente na Suiça, Marcelo tem livros de contos e crônicas publicados: A vizinha suíça e Aperitivo de Letras. Desde 2010 realiza leituras interativas nas bibliotecas interculturais suíças, permeadas de ilustrações, brincadeiras e música ao vivo do livro  As Aventuras do Cometa Finório. As canções foram compostas especialmente para estes eventos e interpretadas por ele e sua esposa, a musicóloga Jolanda Giardiello com percussão, saxofone, violão e canto.

Plataforma Brasileirinhos – Marcelo, como surgiu esse trabalho com as bibliotecas?
Marcelo Madeira – 
Existe um grande esforço do governo suíço em promover a língua e cultura materna dos estrangeiros por meio de programas de integração como o HSK (Heimat Sprache und Kultur, em português, “Língua e Cultura Materna”) e numerosas bibliotecas interculturais espalhadas pelo país com acervo de mais de 250 línguas.  “As Aventuras do Cometa Finório” foi criado por encomenda atendendo um pedido da Pestalozzi Bibliothek. Pediram-me que eu fizesse uma história para as crianças lusófonas sem menções políticas ou religiosas, e que não privilegiasse a cultura de um país somente. Teria que ser uma história que falasse a crianças de Moçambique, Angola, Cabo verde, Brasil e Portugal. Por isso criei um personagem que percorresse o universo, e revelasse os mistérios e encantos das estrelas e dos planetas. Afinal, estamos todos sob o mesmo céu. A aceitação foi extraordinária, pois, curiosamente, uma das matérias mais apreciadas nas escolas suíças é a cadeira de Ciências Naturais (Naturwissenschaft).

PB – Conta para gente um pouco da história do Cometa Finório?
MM –
 “As Aventuras do Cometa Finório” é uma série de contos, dentre eles “Lixo Espacial” e  “Engarrafamento na Via Láctea”, todos protagonizados por Finório, um cometa muito esperto cujo passatempo predileto é percorrer o universo em busca de novas peripécias. Finório vive fazendo amizades com planetas, desviando de potentes asteróides e adora descobrir mais sobre os astros, como o Sol e a exuberante Antares. O maior objetivo do Cometa Finório é fazer com que as crianças olhem para o céu, que conheçam mais sobre os planetas e estrelas e se interessem por astronomia (2009 foi o ano da astronomia). De vez em quando, Marte e Antares surgem no céu noturno e é possível vê-los a olho nu. É muito emocionante conseguir identificar uma estrela ou planeta quando conhecemos mais sobre eles. Esse é o intuito do Cometa Finório.

PB – Você poderia citar algumas iniciativas voltadas especificamente para filhos de brasileiros?
MM
 A Suíça, por ter 4 línguas oficiais (alemão, francês, italiano e romanche), valoriza muito a língua materna dos imigrantes e, por isso, possibilita uma série de atividades culturais para crianças e jovens nas cerca de 14 Bibliotecas Interculturais espalhadas pelo país, além do próprio empenho das associações brasileiras que todo ano comemoram o dia da criança (uma data que não existe na Suíça) e promovem diversas atividades culturais. Volta e meia tem sessões de cinema infantil com pipoca e guaraná, no Centro Brasil Cultura, o Cebrac, em Zurique e muitas outras atividades em Genebra, por exemplo, com a Associação Raízes.

PB – Já que estamos falando de língua portuguesa entre crianças, conta para gente como é o envolvimento dos pais e das crianças com o português na Suíça?
MM
 Este empenho e cuidado pela língua materna do imigrante faz parte da política de integração da Suíça.

O governo entende que se o imigrante tiver acesso a sua língua materna, sua indentidade cultural será preservada e sua integração na Suíça mais amena.

Para isso, existem inúmeras associações culturais, entidades e projetos, muitas vezes conduzidos por voluntários como o HSK (Heimat-Sprache und Kultur, em português seria “Língua e Cultura Materna”), que dão cursos para filhos de imigrantes nas próprias salas de aulas cedidas pela escolas públicas suíças. O interessante é que as notas dos alunos do curso HSK aparecem no boletim escolar suíço. Na parte da Suíça alemã, estes cursos são administrados pela ABEC e na parte francesa pelo Associação Raízes. Existem também inúmeras associações brasileiras que promovem cursos, eventos culturais, palestras e tardes informativas. Temos um Conselho Nacional que promove encontros, debates e se dedica à comunicação na internet e, até mesmo, edita uma revista própria, a Linha Direta. Mas é importante mencionar que apesar da boa estrutura que usufruímos, conseguir recursos para as associações envolvidas, seja ela suiça ou imigrante, é muito difícil. E por outro lado, existe o perpétuo trabalho de sensibilização dos pais sobre a importância de manter os jovens imigrantes em contato com a língua materna.

PB – E quando será a próxima apresentação de As Aventuras do Cometa Finório?
MM – 
A próxima apresentação será dia 05 de abril de 2013 na Biblioteca Intercultural Zentrum 5 em Berna http://www.zentrum5.ch/, às 16:30h. A entrada é gratuita. A história do Cometa Finório será acompanhada de brincadeiras, ilustrações e música ao vivo!

Visitem página do autor e entrevistado do mês http://www.marcelomadeira.wordpress.com

Picture 2

 

Screen Shot 2015-10-20 at 8.49.02 PMFelicia é educadora e pesquisadora sobre o português como língua de herança. Fundadora da Brasil em Mente, é editora da Plataforma Brasileirinhos.
© Nosso conteúdo é protegido por direitos autorais. Compartilhe somente com o link, citando: Plataforma Brasileirinhos, Brasil em Mente.

2 comentários em “Estamos todos sob o mesmo céu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s