Ser diferente é normal

Hoje é um dia muito especial, que comemora pessoais pra lá de normais, só um pouco diferente da maioria de nós. Mas, ser diferente é normal. Esse é o slogan da campanha de conscientização do Instituto Meta Social que luta pela igualdade de direitos das pessoas com deficiência.

21/3 é o dia internacional da Síndrome de Down.Pode ser que você não saiba disso, mas essa data, que é reconhecida pelos países da ONU, foi uma iniciativa brasileira. E nesta equipe, encontra-se a fundadora deste blog, Patricia Almeida.

Patricia Almeida é brasileira, carioca, jornalista formada pela PUC-RJ, funcionária concursada do Ministério das Relações Exteriores. Especialista em Inclusão, é fundadora e coordenadora geral da Inclusive – Inclusão e Cidadania, que recebeu o prêmio Educação em Direitos Humanos e Orgulho Autista em 2010. É também Coodenadora-Estratégica do Instituto MetaSocial, da campanha “Ser Diferente é Normal”, Presidente de Honra da Associação DFDown, de Brasília e membro do Conselho da Down Syndrome International. Em Brasília, trabalhou na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, na área da deficiência. Patricia é a fundadora do Projeto Brasileirinhos do Consulado Brasileiro Geral de NY, de onde a Brasil em Mente originou-se.

Entre os muitos projetos que participa e incentiva, Patricia é militante pelos direitos humanos. Particularmente, pelos direitos de pessoas como sua filha Amanda, que tem síndrome de Down.

Picture 4

Ela nos conta que o objetivo desta data é valorizar as pessoas com síndrome de Down e conscientizar a população sobre a importância da promoção dos direitos inerentes às pessoas que nasceram com a síndrome de desfrutar uma vida plena e digna, como membros participativos em suas comunidades e na sociedade. A data é simbólica porque se refere aos 3 cromossomos 21 que caracteriza quem tem a trissomia do cromossomo 21 (21/3).

A síndrome de Down, ela explica, é uma ocorrência cromossômica natural e universal, que está presente em todos os gêneros, raças e classes sociais e sempre fez parte da humanidade. Ela afeta 1 em cada 700 nascidos vivos, em média (veja estatísticas). A síndrome de Down geralmente provoca diferentes graus de deficiência intelectual e física e alguns problemas médicos associados.

A conferência que comemora esta data na própria sede da ONU nesta quinta, dia 21/3, terá como tema o Direito ao Trabalho. São esperados delegados de todo mundo, inclusive do Brasil, entre pessoas com síndrome de Down, suas famílias e especialistas na área.

Com tantos exemplos de superação, como o do ator Ariel Goldberg que apaixonou todo o Brasil com sua campanha “Vem Sean Penn, Vem”, na qual convidava seu ator favorito para o lançamento de seu longa-metragem, Patricia conta no documentário BraZil com S, como sua filha nada, surfa, lê e escreve, e é bilíngue.

“A minha filha que tem sindrome de Down, a Amanda, chegou aos Estados Unidos quando ela tinha 3 anos. Em um ano, ela pegou o inglês. Ela fala pouco porque ela tem uma deficiência intelectual mas é no mesmo nível. Então, um conselho que eu queria dar aos pais é que realmente tentem, porque se a minha filha que tem uma deficiência conseguiu, o filho de vocês vai conseguir. Inclusive, crianças com outros tipos de deficiência, crianças com autismo, crianças hiperativas, com deficit de atenção, qualquer uma delas pode falar outra língua”.

Então, já que todos aqui temos o Brasil em mente, hoje, comemore essa grande conquista brasileira, que mais do que um reconhecimento nacional, é inspiração para todos nós. Ser diferente também pode significar falar outra língua, comer outra comida, comemorar datas diferentes. Que sem graça seria esse mundo se não fossem as lindas diferenças humanas, não?

Um comentário em “Ser diferente é normal

  1. Ë Fantastico!!!!
    Obrigada Patricia Almeida..por esta caminhada trilhada com tantos meritos e ganhos para todas a spessoas com Sindrome de Down do mundo e em especial para o Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s