Língua de herança é língua de criança?

screen-shot-2016-10-09-at-9-50-13-pm

 

Por Felicia Jennings-Winterle
Editorial Outubro/2016

Você já deve ter percebido que eu gosto de uma data comemorativa, não é? Por que não aproveitar a festa do mês, a notícia do dia ou o sentimento do momento para fazer uma boa reflexão?

Outubro é o mês das crianças, do Dia das Crianças. Não vou discutir a origem desse data, nem a questão do consumismo que ela pode (ou não) gerar. Não vou me deter a clichês reafirmando pela milésima vez algo que todos deveríamos ter na ponta da língua, grudado na mente que nem chiclete: “todo dia é dia da criança”; mas todo dia negligenciamos as crianças. Essas pequenas pessoas passam por absurdos em todo o mundo e bem perto de nós são forçadas a se tornarem, de um jeito ou de outro, mini-adultos. É realmente um papo triste e um que merece nossa atenção e discussão.

Gostaria de compartilhar com você, porém, outro aspecto da infância. Sua relação com a língua de herança (LH). Afinal, esse é o tema central desta Plataforma.

Vez por outra me deparo com mal-entendidos sobre as LHs. Pudera, especialmente em relação ao português como língua de herança (PLH), esse é um campo ainda se desenhando. De vez em quando até “especialistas” se embananam. O equívoco campeão é o “língua de herança é língua de criança”. Será?

Me acompanha num pensamento filosófico que desenvolvi com a palavra tempo – um tema central do PLH.

Tudo na vida tem um tempo certo para acontecer (esse “certo” com gigantescas reservas) e o tempo de desenvolver uma língua de herança é na infância. Isso não significa que LH é uma língua (só) de criança nem que, se esse cultivo não for feito na infância, você deve pensar: não dá mais tempo. 

Língua de herança é, “por direito” a língua de quem tem uma conexão familiar (de família: pai, mãe, avô, avó – não confundir com familiaridade) com o Português, por exemplo.

Mas na infância há tempo para ver, sentir, ouvir e experimentar as coisas com tempoé tempo de crescer. Vai passando o tempo e daí, não têm tempo para nada. As crianças têm que ter tempo para tudo, menos tempo de ter tempo. Daí, realmente – não têm tempo de passar tempo com quem o tempo agora é ter/dar tempo para mostrar que, há muito tempo, o tempo era de um jeito e que, esse tempo que tinha cores, sabores, aromas, temperaturas e sons diferentes, pode ser parte do tempo dessa criança que é híbrida – passa parte do tempo de um jeito e parte de outro.

156611453

Muito tempo, né?

Sim, muito tempo precisa ser investido. Tempo precioso que requer amor, determinação, paciência, consistência e frequência… tem que ser a todo tempo.

Mas você tem todo o tempo no mundo para adquirir uma herança. Não precisa envolver banco nem advogado. No tempo certo, você, jovem ou adulto, pode passar a usufruir tempos em português. Mas já que o seu tempo é curto (e o meu também)… sejamos francos.

Você vai precisar de tempo. Não se apresse! Às vezes vai dar vontade de voltar no tempo. Volte! Outras vezes vai surgir o pensamento “isso é perda de tempo“. Não perca!

Exatamente por isso, você, que tem filhos pequenos ou, você, para quem ainda nem é tempo para pensar nisso, escute: Faça as coisas no seu tempo, mas a tempo. Os benefícios, as conquistas, os resultados serão vistos a todo tempo e por muito tempo, mesmo que de vez em quando o tempo feche.

O tempo agora é delas… das crianças. Dê-se tempo também para as coisas de adulto, claro. Em tempo, o tempo que passar com elas será sempre pouco tempo. Corre lá… você tem tempo de sobra. Agora! O tempo passa, o tempo voa.

Screen Shot 2015-10-20 at 8.49.02 PMFelicia é educadora e pesquisadora sobre o português como língua de herança. Fundadora da Brasil em Mente, é editora da Plataforma Brasileirinhos.
© Nosso conteúdo é protegido por direitos autorais. Compartilhe somente com o link, citando: Plataforma Brasileirinhos, Brasil em Mente.

Um comentário em “Língua de herança é língua de criança?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s