Bamboleio, uma biblioteca virtual para turbinar suas leituras em português

Aline Frederico
Coluna High Tech

Neste post de 2016, falamos das dificuldades em acessar livros brasileiros morando no exterior e destacamos as vantagens do meio digital nesse quesito: você pode comprar obras em português para seus filhos sem sair de casa, não importa onde estiver, e pode carregar muitas obras no seu tablet ou celular e tê-las sempre à mão.

Quando trabalhei como contadora de histórias em português na Biblioteca Pública de Cambridge, na Inglaterra, a maioria das famílias que vinham às sessões saiam carregadas de livros, mas bem poucos livros eram em português, porque o acervo internacional da biblioteca era pequeno e muitas obras não eram de grande qualidade. E é assim em muitos países: uma oferta enorme de livros na língua local e pouca (ou nenhuma) oferta em português.

 

Os livros digitais são, sem dúvida, uma saída, mas ainda assim pode ser difícil, além de caro, adquirir um acervo que se compare às bibliotecas locais.

 

Mas aí a tecnologia digital vem novamente nos ajudar, com as chamas “bibliotecas virtuais.” São sites ou aplicativos que permitem o acesso a um grande acervo de obras num só local.

No Brasil, um aplicativo que tem se destacado nessa área é o Bamboleio. O Bamboleio é frequentemente chamado de a “Netflix da literatura infantil.” O aplicativo funciona por meio de uma assinatura mensal, que permite o aceso a mais de uma centena de livros, sobretudo livros ilustrados, voltados especialmente a leitores entre 2 e 8 anos.

 

Além da facilidade de ter muitos livros à mão em um só lugar, o Bamboleio se destaca pela curadoria das obras.

 

Como pesquisadora em literatura infantil, muitas vezes fico frustrada que a qualidade de alguns conteúdos digitais pra criança. Por exemplo, a Biblioteca Infantil Digital Internacional é um projeto já antigo para o acesso a livros de literatura infantil em muitos idiomas, incluindo o português. Ainda que seja um projeto louvável, já que os livros podem ser acessados gratuitamente, os títulos disponíveis (30 em Português) são bastante antigos e muitos são traduções nem sempre feitas profissionalmente.

Já no Bamboleio as famílias vão encontrar obras literária de primeira qualidade, de grandes autores e ilustradores brasileiros e internacionais. A grande maioria das obras foi publicada inicialmente por editoras tradicionais, como a Aletria, e editoras que tem de destacado no cenário atual como a ÔZé Editora e a Pulo do Gato, mas a Bamboleio também tem revelado autores iniciantes. E a coleção aumenta a cada mês, com lançamentos e outros títulos incluídos no acervo.

Esse olhar e seleção apurados tem uma razão: o Bamboleio nasceu inicialmente como um Blog com resenhas e indicações de literatura infantil desenvolvidas pela fundadora do aplicativo, especialista em literatura infantil e também escritora, Padmini. Vendo que muitos dos leitores do blog tinham dificuldade em acessar os livros, mesmo estando no Brasil, ela e seu sócio resolveram criar o aplicativo, reunindo essas obras em um só lugar. (Veja no fim desse artigo algumas obras incríveis que você pode encontrar por lá.)

Agora, com tantas opções, como escolher o livro ideal para ler hoje com as suas crianças? O aplicativo tem várias maneiras de ajudar os pais a escolher a próxima leitura. Ao fazer o cadastro, o adulto é convidado a criar uma conta para ele, enquanto mediador, mas pode ainda criar contas individuais para cada criança. Nesse processo, é possível selecionar quais tipos de obra são os preferidos da criança, e há até uma categoria “Brasil”! A partir dessa opção, aplicativo apresenta indicações para aquele perfil, que é refinada de acordo com as avaliações que vocês fizerem dos livros lidos.

Figura 1: Captura de tela da página para a seleção de preferências do usuário.

Outra maneira de escolher é navegar pelas categorias do acervo. Há categorias temáticas, como “temas delicados” ou “natureza e animais”, outras por gênero, como contos mágicos ou livro-imagem, ou ainda de acordo com as características da criança, como “leitura com bebês”, ou “leitura em capítulos” (mais indicada para crianças maiores). Os diversos aspectos da cultura brasileira, sempre valorizados pelas famílias de brasileirinhos no exterior, também podem ser facilmente encontrados em categorias como “cultura indígena” ou “protagonismo negro.” As obras podem ainda ser escolhidas de acordo com a editora.

Figura 2: Captura de tela da página inicial da categoria Contos Mágicos.

Voltado especialmente para a leitura em família, o aplicativo também dá apoio aos pais no desenvolvimento do hábito de leitura em casa. Alguns pais podem se sentir intimidados por uma obra literária desafiadora, ou não saber quais as melhores maneiras de lidar com ela juntamente com as crianças. Assim, todo mês um dos livros ganha um recurso especial: um caderninho de dicas para os pais elaborado por especialistas. Já são muitas obras com esse recurso.

Bamboleio está disponível em quase todos os países, tanto para dispositivos Android, como Apple. A assinatura mensal que custa R$19,90, mas é possível experimentar o app por 14 dias gratuitamente, tendo acesso a todo o acervo. Para as famílias brasileiras no exterior, a melhor forma de fazer a assinatura é pelo link http://conteudo.bamboleio.com.br/internacional. Esta página foi criada especialmente para quem não tem endereço no Brasil e permite pagar por PayPal.

Alguns livros imperdíveis disponíveis no Bamboleio:
Cadê o Pintinho?, de Márcia Leite e Anita Prades, Editora Pulo do Gato
A parlenda clássica “Cadê o pintinho que estava aqui?” se transforma num belo conto acumulativo, que vai divertir brasileirinhos de todas as idades.

Ela tem olhos de céu, de Socorro Acioli e Mateus Rios, Editora Gaivota
Nesta bela obra em cordel, a cidade nordestina de Santa Rita do Norte vai ser transformada com o nascimento de Sebastiana, uma menina que tem olhos de céu. Vencedora do prêmio Jabuti de 2013, entre outros prêmios.

Meu amigo indiozinho, de Luiz Antônio Aguiar e Fernando Vilela, Editora Biruta
Quando um grupo de indígenas é matriculado na escola, o protagonista dessa obra fica encantado, mas essa receptividade não ecoa em todos da escola. Obra selecionada para o Catálogo Bolonha FNLIJ 2010.

 

Aline Frederico é doutora em Educação e Literatura Infantil pela Universidade de Cambridge, Reino Unido, e atualmente realiza estágio pós-doutoral na PUC-SP. Pesquisa a literatura infantil digital e os processos de construção de sentido envolvidos na leitura literária digital.

© Nosso conteúdo é protegido por direitos autorais. Compartilhe somente com o link, citando: Plataforma Brasileirinhos, Brasil em Mente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.